Início Geral Sorriso supera meta de acompanhamento da saúde no Programa Bolsa Família

Sorriso supera meta de acompanhamento da saúde no Programa Bolsa Família

0

O município de Sorriso superou a meta de acompanhamento de indicador  do Programa Bolsa Família para o ano de 2019.  É o que mostra o informativo situacional das ações da Política Nacional de Alimentação e Nutrição do programa.  A meta estipulada  foi de 60%, e os acompanhamentos realizados chegaram aos 97,22 % de cobertura de acompanhamento da população pelo sistema do Bolsa Família.

“Os dados  demonstram de forma muito positiva o comprometimento e o empenho da equipe durante  o ano de 2019. Este é o melhor índice alcançado  nos últimos anos. Dos municípios que compõem nossa região, ficamos apenas atrás do município de Vera, que tem 98, 16% de cobertura. Toda equipe esta de parabéns e que possamos ultrapassar a meta novamente em 2020” ressaltou o secretario de Saúde e Saneamento, Luis Fábio Marchioro.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza.

Em Sorriso, de um total de 3.417 pessoas para acompanhamento, 1.211 são crianças.

“A dificuldade no acompanhamento é que muitas vezes elas não comparecem ao chamamento, muitas mudam de cidade e não comunicam para atualização do novo endereço. Esse acompanhamento é uma forma de monitorarmos se estão cumprindo com as obrigações da saúde, se o beneficio recebido está sendo usado de formar a promover a qualidade de vida dos beneficiários,” explicou o coordenador da Atenção Especializada, Matheus Freiria.

A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN), aprovada no ano de 1999, integra os esforços do Estado brasileiro, que por meio de um conjunto de políticas públicas propõe respeitar, proteger, promover e prover os direitos humanos à saúde e à alimentação. A completar-se dez anos de publicação da PNAN, deu-se início ao processo de atualização e aprimoramento das suas bases e diretrizes, de forma a consolidar-se como uma referência para os novos desafios a serem enfrentados no campo da alimentação e nutrição no Sistema Único de Saúde (SUS).

DA ASSESSORIA/Adriano Carneiro/Fotos: Internet