Início Cidades Sorriso Sorriso recebe aval oficial do Ministério da Saúde para início das operações

Sorriso recebe aval oficial do Ministério da Saúde para início das operações

0

Sorriso recebeu ontem, 21 de novembro, o “sim” oficial do Ministério da Saúde para o início das operações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), já estipulado pelo Município para o dia 5 de fevereiro de 2024, uma segunda-feira. O sim veio com o aceite por parte do Ministério de Saúde ao pedido do Município para quitar a ‘dívida” em relação ao SAMU com a aquisição de duas novas ambulâncias – uma de suporte básico e outra avançado.

Na prática, isso significa que ao invés de ter que pagar uma multa de R$ 800 mil equivalentes a duas ambulâncias que foram recebidas para o início das operações há mais de 12 anos, o Município teve o aval para usar o recurso na compra de dois novos veículos, já adquiridos e colocá-los em funcionamento para atender a população. As ambulâncias recebidas há mais de uma década foram usadas ainda antes da implantação do serviço, o que ocasionou a multa emitida pelo MS.

“Estávamos esperando por esse parecer e ontem, com muita alegria, recebemos essa notícia. Então, hoje reiteramos: sim, o SAMU 192 irá iniciar as operações em Sorriso no dia 5 de fevereiro”, reforça o secretário de Saúde e Saneamento (Semsas), Luís Fábio Marchioro.

Preparo

Enquanto aguardava o parecer, o Município deu andamento a outras ações essências para o início das atividades como a aquisição de uniformes e a disponibilização de uma base para o serviço, aos fundos do AME, o Ambulatório Multiprofissional em Especialidades. “Inclusive, as ambulâncias já estão no AME; estamos agora nos trâmites finais e na contratação de equipes”, explica Luis Fábio.

O prefeito Ari Lafin lembra que ainda em março o Município já havia recebido o sim para as operações do SAMU, faltando apenas o parecer formal do Ministério da Saúde. Na época, Sorriso também obteve junto ao Governo Estadual a disponibilização do 192 para centralizar os chamados telefônicos. “Hoje estamos muito felizes em ver esse grande projeto que é o SAMU tomando forma; dentro de praticamente dois meses teremos as equipes de salvamento do SAMU auxiliando os bombeiros no trabalho de emergência e urgência”, finaliza.

DA ASSESSORIA