Início Cidades Sorriso Sorriso: Por meio de parceria, animais do Abrigo Municipal começam a ser...

Sorriso: Por meio de parceria, animais do Abrigo Municipal começam a ser esterilizados

0

Terão início nesta quarta-feira (22) as ações do termo de colaboração assinado entre a Prefeitura Municipal e a Associação de Protetores de Animais Focinhos Carentes. O termo prevê a realização de 160 esterilizações de cães e gatos que se encontram no Abrigo Municipal de Cães e Gatos até o dia 31 de maio de 2022. Inicialmente, nesta quarta-feira, serão realizadas quatro castrações.

Conforme o gestor da pasta de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Lincoln, a castração de cães e gatos é uma forma de controlar a população desses animais em situação de abandono de rua e recolhidos pelo Abrigo. “Não dispomos de clínica veterinária no Abrigo Municipal, então optamos pela realização da cooperação com a Associação Focinhos Carentes para uma medida de controle; dessa forma, a Associação será responsável pelas esterilizações”, frisa Lincoln.

O termo de colaboração foi assinado no dia 1º de setembro e prevê o repasse de R$ 42.480,00 para a Associação divididos em duas parcelas para que a Focinhos Carentes viabilize até 16 esterilizações mensais de cães e gatos.

Obras no Abrigo

Lincoln pontua ainda que o Abrigo está em obras, iniciadas em julho. A previsão é concluir até novembro. Serão aplicados R$ 263.082,43 para a construção de 16 baias, divididas em dois complexos. Com a intervenção, devem ser ampliadas cerca de 80 novas vagas no Abrigo, de acordo com o porte dos animais recolhidos.

Neste momento, por conta da superlotação, não é possível recolher animais nas ruas para levar ao local. Só para se ter uma ideia, mais de 120 animais ocupam o espaço que foi, inicialmente, projetado para 70.

No entanto, é possível sim, que, à medida que os que estão atualmente abrigados sejam adotados, vagas sejam liberadas, lembrando que não tem como entregar um animal para o Abrigo. Para lá, só são levados os animais que estão nas ruas, sem dono. E abandonar, assim como maltratar um animal, é crime previsto na Lei Federal n.º 9605/98.

Para adotar, é só ir até o Abrigo e escolher um pet para chamar de seu, entre doguinhos e gatinhos de diferentes tamanhos, pelagens e níveis de fofurice. Para levar o novo melhor amigo para casa, é preciso assinar o Termo de Adoção e Responsabilidade e também já estar com todos os itens necessários para o transporte do animal, como caixa de transporte, coleira, corrente, e toalha para forrar o carro.

O horário de atendimento para adoções vai das 7h ao meio dia e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. O Abrigo fica na margem direita da BR-163, sentido Sinop, depois da Praça de Pedágio.

Texto: Claudia Lazarotto com Nádia MastellaFotos: Reginaldo de Souza