Posto Smile 550×100
PREFEITURA  DE  SORRISO
Início Editorias Educação Sorriso: Monteiro Lobato recebe o prêmio de 7.ª melhor do Brasil em...

Sorriso: Monteiro Lobato recebe o prêmio de 7.ª melhor do Brasil em práticas de inovação

0

Na manhã de hoje (4), o prefeito Ari Lafin conferiu o trabalho que vem sendo desenvolvido na Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato e aproveitou para acompanhar a entrega de livros doados por empresários sorrisenses que participaram do curso “Excelência de Qualidade”, ofertado por meio de uma parceria entre a Administração Municipal de Sorriso, via Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o Sebrae.

“Foi uma forma de retribuir à sociedade o conhecimento que recebemos por meio do curso”, comenta o empresário Carlos Paula de Souza. E as mudanças promovidas na Monteiro Lobato por meio do Conecta Biblioteca foram fundamentais para  que os empresários fizessem esta opção.  Na segunda-feira (2), a coordenadora de fomento à leitura da Monteiro Lobato, Leda Maria Ferraz, recebeu, no Rio de Janeiro (RJ),  das mãos do presidente da organização da sociedade Civil Recode, Rodrigo Baggio, o prêmio de 7.º lugar no ranking das bibliotecas brasileiras que participam do Programa Conecta Biblioteca e se destacaram entre as dez melhores práticas de inovação, sustentabilidade e transformação social e digital em seus municípios.

“O prêmio serve como um estímulo e vem coroar todo o trabalho desenvolvido pela equipe da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, com destaque para a equipe da Biblioteca, por meio de ações atrativas à comunidade, seja por meio de atividades como o AcampaParque, seja por meio de oficinas, e também todo o trabalho de revitalização e organização do espaço”, destaca Ari, lembrando que em 2020 a região Leste do município também passa a contar com um espaço dedicado à leitura, que é a Biblioteca Container, que está sendo instalada na Praça da Integração.

Sobre a premiação do Conecta Biblioteca

As melhores práticas  reconhecidas no Conecta Biblioteca são da Biblioteca Municipal Prof. Bruno Enei | Ponta Grossa ( PR); Biblioteca Municipal Dr. Antônio Furlan Jr. | Sertãozinho (SP); Biblioteca Municipal Dr. Matos Peixoto | Iguatu (CE); Biblioteca Municipal Olavo Bilac | Farroupilha (RS); Biblioteca Municipal Hermes Fontes | Boquim (SE); Biblioteca Municipal Antônio Coutinho de Campos | Augusto Correa (PA); Biblioteca Municipal Monteiro Lobato | Sorriso ( MT); Biblioteca Municipal Dr Luiz Ramalho dos Reis | Coruripe (AL); Biblioteca Municipal Dr. Firmo Cardoso | Barcarena (P)A; e Centro de Pesquisa e Biblioteca Pública Dr. Alísio Inojosa | São Vicente Férrer ( PE).

Na cerimônia de entrega, profissionais das instituições premiadas falaram sobre as novas atividades e parcerias implementadas em seus espaços como fruto do programa da Recode. Ao longo de um ano, os participantes receberam uma formação diversa para traçar a nova programação a partir de uma pesquisa da comunidade, entendendo como a biblioteca poderia contribuir para o desenvolvimento local em sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Assim, conquistaram maior relevância, parcerias e aumento de frequentadores, especialmente jovens. Empregabilidade, empreendedorismo e tecnologia foram temas mais solicitados pela comunidade para nortear a nova gama de atividades oferecidas.

“As novas programações refletem o protagonismo de profissionais de bibliotecas como agentes de transformação. Mostram a força de parcerias locais para inovar e transformar esses espaços em centros de referência para suas comunidades, com promoção da leitura, da cultura e do uso consciente da tecnologia para impacto e empoderamento digital”, celebra Rodrigo Baggio, presidente da Recode, organização presente em 8 países e com 24 anos de atuação voltados à transformação de vidas através da tecnologia. A partir de 2019, o programa Recode Bibliotecas passou a contar com a parceria do Movimento Bem Maior.

O evento também contou com o painel “Como a tecnologia influencia a leitura e os leitores”.Num contexto de crescente interesse e mercado para o livro digital, como os novos recursos tecnológicos e até mesmo as redes sociais podem contribuir para a formação de leitores e escritores? Entre os participantes,Renata Ventura, autora da série “A Arma Escarlate”, inspirada em Harry Potter, abordou formas inovadoras de diálogo com leitores, como criação de perfil dos personagens da série no Facebook. Diogo Oliveira, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, falou sobre o impacto positivo da tecnologia no fortalecimento da economia criativa.

A publicação completa Bibliotecas Transformadoras, com  resumo das 89 melhores práticas de novas programações implementadas com apoio da Recode, está disponível para download em https://recode.org.br/bibliotecas/.

DA ASSESSORIA