Posto Smile 550×100
Camara
Início Cidades Sorriso Sorriso: Lago do Rota e ciclovia serão entregues em cerimônia virtual neste...

Sorriso: Lago do Rota e ciclovia serão entregues em cerimônia virtual neste sábado (29)

0

Uma cerimônia pequena, composta somente por autoridades e por familiares dos dois pioneiros que emprestam o nome e o legado histórico a duas obras que marcam a paisagem da Avenida Blumenau. Assim será a entrega oficial da ciclovia Genoíno Spenassatto e do Parque Municipal Rota do Sol Adelino José João Valdameri.

Mesmo a distância, será possível acompanhar o evento, que será às  17 horas de sábado (29), pela página da Prefeitura de Sorriso no Facebook. A medida de restringir o acesso da população é necessária para frear novos casos de Covid-19 em Sorriso.

Assim como outros espaços públicos como a Área Verde Central e a Praça das Fontes, estes locais podem ser desfrutados pelas famílias sorrisenses respeitando regras de biossegurança, como o uso de máscara e a manutenção do distanciamento.

“Pedimos à população que respeite as regras, utilizando estes espaços para passeio, caminhada, prática de exercícios, mas que não promovam aglomerações, como forma de conseguirmos avançar efetivamente no combate à Covid-19”, destaca o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, reforçando que os espaços foram sonhados, planejados e executados para que todos os sorrisenses possam viver boas experiências neles. “São locais que certamente trarão, no futuro, as boas lembranças, a convivência em família, o encontro com a natureza, consigo mesmo, enfim, momentos que farão parte das memórias afetivas de cada sorrisense e cada visitante que passar por ali”, complementa.

Ciclovia Genoíno Spenassatto

 

A ciclovia, que, por meio da Lei 3.091, recebeu o nome do pioneiro que faleceu no dia 1.º de maio de 2019 e foi o primeiro subprefeito do Município, já faz parte da rotina de muitos sorrisenses desde o fim do ano passado. Nos 5 km iniciais da ciclovia, que vão da Avenida João Baptista Francio até a primeira rotatória do Bairro Rota do Sol, o investimento global foi de R$ 685.964,98 somente nos custos com a estrutura de pavimentação, sendo metade deste valor em recursos próprios do município e metade fruto de um convênio com a Caixa Econômica Federal.

Se durante o dia, o conforto térmico é proporcionado pelas árvores, à noite, a instalação de quase 300 postes com luminárias de LED propicia um ambiente seguro para a prática esportiva e também para o lazer.  Além da pista em si, de iluminação em LED, a ciclovia também recebeu ações de jardinagem e, ao longo de seu trecho, cerca de 3 mil mudas de árvores ganharam um berço.

Quando o assunto é prática esportiva, lá em seu comecinho, quando se encontra com a Avenida João Batista Francio, a Blumenau ganhou uma academia da saúde. No local, o totem “Eu amo Sorriso” também é um ponto perfeito para aquela selfie para declarar todo o amor pelo município. Um dos equipamentos disponíveis na academia é o “Multiexercitador 7 funções” e outros três equipamentos iguais a este foram instalados ao longo da ciclovia, a cada 1,2 mil metros.

Está no planejamento da Administração Municipal estender a ciclovia ao longo da Blumenau, chegando até a última rotatória do Rota do Sol. A expansão do novo trecho deve ser licitada ainda neste primeiro semestre de 2021.

Parque Municipal Rota do Sol Adelino José João Valdameri 

 

O pioneiro, que faleceu no dia 10 de dezembro do ano passado, e chegou a Sorriso ainda nos tempos de agrovila, em 1979, empresta seu nome a um novo cartão postal de Sorriso: o complexo de lazer que foi construído no lago revitalizado entre os bairros Jardim Amazônia e Rota do Sol.

O local vem passando, desde o fim de 2019, por um processo de limpeza do lago existente (o antigo “Três Tubos”), desassoreamento, recuperação, estabilização das margens, paisagismo, instalação de pista de caminhada, passarela, iluminação e mais uma série de intervenções para credenciar o local a integrar a lista de cartões postais da cidade.

A oferta de mais uma opção de “momentos de felicidade ao ar livre” nasceu por meio de um termo de ajustamento de conduta (TAC) entre a Prefeitura e a empresa responsável pelo loteamento da região. Depois que a empresa executou etapas previstas no acordo, a Prefeitura, de maneira integrada entre suas secretarias, vem conduzindo a obra para implantar toda a infraestrutura necessária para a utilização do local.

Texto: Nádia Mastella
Fotos: Ney Pinheiro