Posto Smile 550×100
PREFEITURA  DE  SORRISO
Início Geral Sorriso: Furto de cabos é um dos temas da primeira reunião de...

Sorriso: Furto de cabos é um dos temas da primeira reunião de 2020 do GGI

0

O furto de cabos da iluminação pública da travessia urbana da BR-163 foi um dos temas abordados na primeira reunião do ano do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de Sorriso. Promovida nesta segunda-feira (3 de fevereiro), às 9 horas, no gabinete do prefeito Ari Lafin, que, por força de lei, preside o gabinete, a reunião contou com a presença, além dos integrantes que compõem o GGI, dos comandantes regionais do 4.º Batalhão do Corpo de Bombeiros, Jean Oliveira; do 3.º Comando Regional da Polícia Militar, coronel Wesney de Castro Sodré; e da Delegacia Regional da Polícia Civil, Douglas Turíbio. Agora na reserva, o coronel PM Valter Luiz Razera, também participou da reunião.

“Além dos  R$ 3,8 milhões destinados pelo DNIT para esta obra de iluminação da BR, a Prefeitura precisou acrescentar mais cerca de R$ 500 mil, além de utilizar mão-de-obra da equipe própria para concluir a empreitada e, de maneira recorrente, estão sendo registrados furtos de cabos, o que traz prejuízos para todos que passam pelo local”, destaca Ari, reforçando que é preciso agir de maneira efetiva nesta área, sendo que inclusive está sendo cogitada a licitação para contratação de uma guarda armada para o local. “Certamente deve ficar mais barato pagar este serviço do que ter que arcar com a compra de materiais, o retrabalho das equipes, e principalmente, o risco de deixar a via sem iluminação”.

Secretário-executivo do GGI e responsável pelo 12.º Batalhão da Polícia Militar de Sorriso, o tenente-coronel Jorge Almeida destacou a importância do gabinete para a gestão de questões ligadas à segurança pública no município. “Em 2019 tivemos excelentes ações por conta desta integração, visto que a segurança pública, de maneira geral, ganha muito com a existência deste gabinete, visto que as polícias trabalham de maneira articulada junto aos demais integrantes do GGI”, comenta.

Participam do GGI representantes de instituições ligadas às forças de Segurança, à Justiça e aos poderes Legislativo e Executivo.

DA ASSESSORIA/Nádia Mastella