Camara
Posto Smile 550×100
PREFEITURA  DE  SORRISO
Início Cidades Sorriso Sorriso: Em reunião, secretário de Saúde e Saneamento esclarece vários pontos sobre...

Sorriso: Em reunião, secretário de Saúde e Saneamento esclarece vários pontos sobre o enfrentamento à pandemia

0

Na reunião semanal que debate o enfrentamento à Covid-19 em Sorriso, o secretário de Saúde e Saneamento, Luís Fábio Marchioro, destacou que hospitais particulares de Lucas do Rio Verde e Nova Mutum, credenciaram mais vinte leitos de unidade de Terapia Intensiva (UTI); dez em Lucas e dez em Nova Mutum para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19. Ambos são leitos de hospitais privados que foram credenciados pelo Ministério da Saúde para atendimento regional.

 “Quando um hospital particular credencia um leito de UTI, essa conta é dividida entre as esferas estadual e federal (R$ 1,6 mil de diária do Governo Federal e R$ 400,00 do Estado, totalizando R$ 2 mil diários), o que automaticamente implica ao atendimento de pacientes de qualquer município. E nós agradecemos o esforço de todos, governo e hospitais, em habilitar novos leitos”, diz. “Estamos ainda no aguardo da abertura de mais dez leitos no Hospital Regional de Sinop; no momento, o Estado está fazendo o processo para contratação de profissionais”, explica. Com os 20 novos leitos cadastrados, hoje a região conta com 61 UTIs para atendimento de Covid-19.

Marchioro destaca que como os hospitais regionais de Sorriso e Sinop são mantidos pelo Estado, houve uma divisão para atendimentos nas UTIs de ambos. “Sinop ficou como referência regional para Covid e Sorriso está atendendo às demais demandas que necessitam de leitos de UTI como o caso de acidentes graves, pacientes que tenham sofrido AVCs (Acidente Vascular Cerebral), infartos, entre outras situações de urgência e emergência. Precisamos lembrar que acidentes com veículos, infartos, etc., não pararam de ocorrer durante a pandemia e precisam ser atendidos”, explica. “O Estado precisou criar um perfil de atendimento para cada unidade para não deixar nenhuma situação desassistida”, ressalta.

No caso do Hospital Regional de Sorriso que conta com 20 leitos de UTI, dois atendem à demanda de Covid-19 e os outros 18 leitos às demais situações. O Regional de Sorriso também conta com dez leitos de UTI Neo-natal. No município, pontua Marchioro, há ainda um hospital privado que também atende casos de Covid-19 e outro que está voltado para demais pacientes. “O município buscou o credenciamento de leitos de UTI nos hospitais particulares da cidade, idêntico ao que foi feito em Lucas do Rio Verde e Nova Mutum, porém os estabelecimentos não demonstraram interesse. Nós entendemos porque eles também estão sobrecarregados”, explica Marchioro.

O secretário lembra ainda que o município de Sorriso está atuando no atendimento precoce. “Nossa intenção é evitar a necessidade de UTIs. Por isso, mais uma vez salientamos: ao sentir qualquer sintoma relacionado à Covid-19 procure atendimento no Hospital de Campanha Municipal (HCM)”, frisa. “Nosso Hospital de Campanha atende 24 horas e estamos à disposição de qualquer pessoa que precise”, pontua ao destacar que do dia 16 de dezembro a 20 de fevereiro, 137 pacientes de outros municípios foram atendidos no espaço. “Nossa meta é ofertar condições para que todos tenham acesso ao tratamento precoce e se recuperem rápido, evitando internações”, finaliza.

Claudia Lazarotto
Fotos: Reginaldo de Souza