Camara
Posto Smile 550×100
Início Cidades Sorriso Sorriso: Conselho voltado à produção agrícola sustentável conta com nova direção

Sorriso: Conselho voltado à produção agrícola sustentável conta com nova direção

0

Criado pela Lei Municipal n.º 1.199, de 19 de março de 2004, que teve pontos alterados pela Lei n.º 2.046, de 31 de agosto de 2011, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável passa a contar com uma nova diretoria.

Os novos conselheiros foram escolhidos na manhã desta terça-feira (27), em uma reunião promovida na Prefeitura de Sorriso. “Cabe ao conselho a deliberação de uma série de ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e ter este contato com os representantes dos nossos produtores é fundamental para consolidarmos nosso trabalho”, destaca o secretário-adjunto da pasta, Márcio Kuhn, escolhido pelos presentes para conduzir o Conselho, tendo como vice-presidente a representante da Empaer, Sirlene Espíndola P. Santos; e, como secretária, a representante do Sindicato Rural de Sorriso, Mônica Ruth Hubner.

No rol dos assuntos discutidos na reunião, que foi a primeira do ano, e deve voltar a se repetir sempre na última terça-feira de cada mês, temas como regras para a utilização de patrulhas mecanizadas; o andamento do programa de unidades demonstrativas, que trará vitrines com os cases  de sucesso da agricultura familiar, e também o fundo de aval para o financiamento deste setor. “Neste momento, estamos em processo de chamamento público para a definição das instituições financeiras que farão a mediação deste processo do fundo de aval”, adianta Márcio.

Outro tema que foi detalhado no encontro foi o aporte financeiro viabilizado pelo deputado Dilmar Dal Bosco, que destinou R$ 500 mil para serem investidos no Abatedouro Municipal de Aves, potencializando assim a unidade, que contribui, não apenas com a geração de renda entre as famílias do Assentamento Jonas Pinheiro, onde está localizado, e outros granjeiros de Sorriso, mas também significa carne na mesa de muitas famílias do Município.

É que, por meio do Programa “Mesa Saudável”, famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social, recebem, além dos não-perecíveis,  alimentos oriundos da agricultura familiar, como legumes, verduras e o franguinho congelado, prontinho pra ganhar um tempero especial e ir pra panela.

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável também conta com representantes do Legislativo, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sorriso, da Empaer, do Indea, da Associação de Pequenos Produtores Rurais do Rio Celeste (Aprocel), da Associação Produtiva das Mulheres do Assentamento Jonas Pinheiro, da Associação do Pós Terra, entre outras instituições.

Texto: Nádia Mastella
Fotos: Reginaldo de Souza