Posto Smile 550×100
PREFEITURA  DE  SORRISO
Início Geral Seguindo decreto estadual, município de Sorriso manterá atividades escolares suspensas até 30...

Seguindo decreto estadual, município de Sorriso manterá atividades escolares suspensas até 30 de abril

0

Em coletiva nesta manhã (1⁰), a secretária de Educação e Cultura, Lúcia Drechsler, pontuou que o município deverá seguir o Decreto 432 de 31 de março do Governo do Estado que suspende as aulas até 30 de abril. A ação é uma medida preventiva à proliferação do coronavírus (covid-19). “Como o decreto é estadual, o município deve seguir. Até 30 de abril estão suspensas as aulas em escolas estaduais, particulares e municipais”, salienta Lúcia.

A secretária pontua que ainda hoje, no período da tarde, será realizada uma reunião online pelos integrantes do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus para debater os detalhes do decreto. Conforme a secretária, o Ministério Público enviará um documento para ser analisado na reunião.

Quanto ao cumprimento do calendário escolar, Lúcia pontua que esse é um desafio para o país inteiro. “Teremos que nos inventar. O processo escolar não é estático, mas esse é o mesmo desafio quer seja aqui, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, dentre outros estados. Temos conversado com todos e é hora de os municípios recriar, reinventar para cumprir o calendário”, diz. “Uma das opções é a educação à distância que pode ser implementada para os anos finais do ensino fundamental, ensino médio e ensino superior. Contudo, os anos iniciais do ensino fundamental, do 1⁰ ao 5⁰ ano, e a educação infantil são presenciais, nesse caso, precisamos rever nosso calendário e organizar aulas aos sábados, recessos ou ampliar o calendário de dezembro”, explica.

Lucia acrescenta que o município está em contato direto com a equipe técnica do Ministério da Educação (MEC) para buscar soluções. “À princípio as aulas estão suspensas até 30 de abril, porém estamos acompanhando todas as decisões e nos adequando a elas, bem como seguindo as orientações do MEC. Destacamos que nenhum aluno será prejudicado com as alterações, todos terão o direto à educação de qualidade preservado”, frisa.

A secretária destaca ainda que os pais aproveitem o período para realizar atividades e brincadeiras lúdicas com as crianças. “Sugerimos que brinquem, interajam, leiam para os filhos. Vários portais disponibilizaram conteúdos online e essa interação é também uma forma de suavizar esse momento difícil e de mostrar para os pequenos que estamos todos juntos”, finaliza.

DA ASSESSORIA/Claudia Lazarotto/Fotos: Decom