Casa Aurora
Posto Smile 550×100
Início Cidades Sorriso Prefeitura de Sorriso comprará cirurgias eletivas com valor devolvido pela Câmara de...

Prefeitura de Sorriso comprará cirurgias eletivas com valor devolvido pela Câmara de Vereadores

0

Em reunião entre representantes do Executivo e Legislativo nesta segunda-feira (7), no Paço Municipal, o presidente da Câmara de Vereadores de Sorriso, Claudio Oliveira, anunciou a devolução de parte do duodécimo repassado à Casa de Leis. De acordo com o edil, o montante será de mais de R$ 4 milhões que foram economizados pelo Poder Legislativo no ano de 2020.

“Conversamos com o presidente da Câmara e definimos que esse valor será investido na compra de cirurgias de baixa complexidade. Temos uma fila de espera bem expressiva por operações que deveriam ser feitas pelo Governo do Estado, mas que vem sendo adiadas devido à pandemia. Em março deste ano recebemos R$ 1.100.000 da Câmara, que foram investidos no combate a Covid, e agora virão mais de R$ 3 milhões para as cirurgias”, explica o prefeito Ari Lafin.

O prefeito aproveitou a ocasião para agradecer aos vereadores pela iniciativa. “Agradecemos à Câmara pela iniciativa, que é fruto do bom relacionamento entre os poderes. Para o próximo ano, nossa meta é continuar com essa aproximação e respeito junto ao legislativo sorrisense”, pontua.

Segundo o presidente da Câmara, a devolução deste ano é a maior já realizada pela Casa de Leis. “Estamos devolvendo um dinheiro resultante da economia feita pela Câmara de Vereadores por meio do comprometimento de todos os edis. Buscamos, em conjunto, a economia nos gastos da Câmara, pois sabemos da necessidade financeira nessa época de escassez de recursos públicos. O valor economizado superou as nossas expectativas”, enfatiza Claudio Oliveira.

Para o secretário de Saúde e Saneamento de Sorriso, Luís Fábio Marchioro, esta será uma oportunidade do município fazer as cirurgias eletivas, paralisadas pelo Estado desde março deste ano. “Agradeço ao presidente da Câmara e os demais parlamentares, e agora vamos buscar prestadores de serviço para tentar reduzir essa fila de espera por cirurgias, mesmo não sendo nossa atribuição, pois precisamos cuidar da atenção primária. E mais uma vez enfrentaremos esse desafio”, ressalta.

De acordo com o secretário, a previsão é começar as ações em fevereiro de 2021. “Faremos as cirurgias de baixa complexidade como a ginecológica, otorrino, oftalmológicas e as gerais (vesícula, hérnia, rins, etc). Os procedimentos serão adquiridos por processos legais na iniciativa privada e obedecerão a fila de espera da Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento de Sorriso”, frisa Marchioro.

Texto: Bianca Arruda