Início Cidades Sorriso MT: Criminoso é preso em flagrante pela Polícia Civil após inserir dispositivo...

MT: Criminoso é preso em flagrante pela Polícia Civil após inserir dispositivo em terminais para reter cédulas de dinheiro

0

Um criminoso com dezenas de registros por delitos contra o patrimônio, em diferentes estados do País, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, em Cuiabá, no momento em que retirava cédulas de um caixa bancário, após inserir um dispositivo para reter as notas.

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) foi acionada na manhã de sábado (08.07) pela unidade de segurança institucional do Banco do Brasil que relatou que a central de monitoramento do banco teria identificado uma pessoa que estava inserindo um dispositivo, conhecido como “régua”, em terminais de autoatendimento. O dispositivo tem por finalidade reter cédulas de dinheiro nos terminais.

A equipe policial da GCCO fez monitoramento e identificou o suspeito, A.B.S., de 47 anos, morador de Brasília (DF), no momento em ele chegou na agência do banco, no bairro CPA 2. Ele resgatou várias cédulas retidas na máquina e ao perceber a presença de um dos investigadores no local, fugiu com o dinheiro e o dispositivo, mas logo foi alcançado e preso.

Conforme a central de monitoramento de segurança do Banco do Brasil, para praticar a fraude, o criminoso insere no terminal o dispositivo, que retém as cédulas, e no momento em que um cliente vai efetuar o saque, as cédulas não saem e a pessoa pensa ter havido algum problema com o caixa eletrônico.

Modus operandi

A central do banco identificou que o criminoso já havia inserido o dispositivo em duas agências do Banco do Brasil, na Capital, uma Avenida Carmindo de Campos e outra localizada na Avenida Pernambuco, no bairro CPA 2.

Conforme a assessoria de segurança do banco, o suspeito é um velho conhecido, pois já cometeu crimes semelhantes em diversas agências em vários estados do País, inclusive, foi preso em flagrante em ocasiões distintas.

No sábado, o criminoso entrou na agência do CPA 2, por volta das 9h40, quando inseriu o dispositivo em uma dos terminais. Em seguida, ele fez a mesma ação na agência do Banco do Brasil na Avenida Carmindo de Campos. Por volta das 12h46, ele retornou na agência do CPA, quando já estava sendo monitorado por um dos policiais da GCCO, removeu o dispositivo e as cédulas do local onde ficaram retidas no terminal.

Ele fugiu do banco ao avistar o investigador, mas foi detido nas proximidades e ainda reagiu à abordagem quebrando o aparelho celular que carregava consigo. Com o criminoso foram apreendidos o valor de R$ 1.780,00, que ele disse ter retirado do terminal de autoatendimento e o dispositivo.

A equipe da GCCO localizou ainda, estacionado próximo da agência, o veículo Fiat Uno e dentro havia outro dispositivo que serve de auxílio para remoção da ‘régua’ instalada nos terminais.

Os policiais apuraram que na agência BB da Avenida Carmindo de Campos, uma cliente tentou fazer um saque de R$ 200,00 no terminal de autoatendimento em que o criminoso instalou o dispositivo.

DA ASSESSORIA DA PJC MT