Início Meio Ambiente IDH e CAT investem Programa para apoiar a produção de soja responsável...

IDH e CAT investem Programa para apoiar a produção de soja responsável na região de Sorriso, Mato Grosso, Brasil

0

 

A Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) e o Clube Amigos da Terra (CAT) lançam, no dia 04 março, o Programa Cultivando Vida Sustentável que investirá, até o final de 2021, 600 mil de euros, além da contrapartida da iniciativa privada (CAT e produtores). As atividades visam valorizar a produção responsável de soja, promover a restauração de áreas degradadas e oferecer assistência técnica para pequenos produtores.IDH e CAT investem Programa para apoiar a produção de soja responsável na região de Sorriso, Mato Grosso, Brasil.

A Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) e o Clube Amigos da Terra (CAT) lançam, no dia 04 março, o Programa Cultivando Vida Sustentável que investirá, até o final de 2021, 680 mil euros de recursos da IDH que podem alanvacar até 1,1 milhões de euros como contrapartida em treinamentos e investimentos da iniciativa privada (CAT e produtores).

As atividades visam valorizar a produção responsável de soja, promover a restauração de áreas degradadas e oferecer assistência técnica para pequenos produtores.

Localizado na região norte do estado de Mato Grosso, destaque nacional na produção de commodities, Sorriso é o município que mais produz grãos no Brasil, principalmente soja e milho, respondendo por 3% do total nacional, com mais de 5,6 milhões de toneladas desses grãos. Do total de seu território, de 900 mil hectares (ha), 607 mil ha estão destinados à produção agrícola e 285 mil ha são de vegetação nativa conservada. Há também o componente de regularização ambiental, 334 ha de APP a serem regeneradas e o componente de regularização fundiária, como fator chave para inclusão dos pequenos produtores de assentamentos no sistema econômico.

Neste cenário, o Programa Cultivando Vida Sustentável tem um potencial para atingir 150 mil ha de produção de soja responsável, resultando em cerca de 540 mil toneladas anuais do grão sob diretrizes da RTRS. A proposta é criar uma área de originação verificada (VSA – sigla em inglês), em escala, principalmente para o mercado europeu.

Sorriso possui um ambiente favorável, apoiado pelo Pacto PCI (Produzir, Conservar e Incluir) local, uma regionalização da estratégia PCI estadual, lançada em 2015 pelo governo de Mato Grosso, com metas para os três eixos de atuação.

“A IDH atua para conectar diversos atores apoiando a construção dessa visão consensuada de desenvolvimento territorial sustentável com produção de commodities em larga escala. Por isso, para nós, consolidar esse investimento em Sorriso é um passo importante para alcançar o objetivo de criar uma área de originação verificada”, explica a diretora da IDH Brasil, Daniela Mariuzzo.

As atividades do Programa serão desenvolvidas pelo CAT, organização formada por produtores de soja sob princípios de boas práticas e certificação RTRS. “Pretendemos, com este Programa, difundir tecnologias que promovam a sustentabilidade e, assim, ampliar ainda mais as áreas de lavouras com produção sustentável”, ressaltou Cristina Delicato, assessora de eventos e projetos do CAT.

DA ASSESSORIA/ CAT