Início Cidades Mato Grosso Homem é preso por estuprar, esfaquear e roubar R$ 13 mil de...

Homem é preso por estuprar, esfaquear e roubar R$ 13 mil de garota de programa em MT

0

Um homem suspeito de tentativa de homicídio, estupro e roubo cometido contra uma garota de programa teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (29), após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG).Leia mais

Além da prisão do suspeito, a ação resultou na recuperação de mais de R$ 10 mil em dinheiro que teriam sido subtraídos da vítima. O crime ocorreu na segunda-feira (27) por volta das 15h20, na residência da vítima, no bairro Ouro Verde em Várzea Grande.

Na ocasião, a vítima de 20 anos e que trabalha com programas sexuais foi esfaqueada na região do pescoço por um cliente. A vítima foi socorrida pela equipe do Samu e encaminhada para Pronto Socorro de Várzea Grande.

Assim que foi acionada da ocorrência, a equipe da Delegacia da Mulher de Várzea Grande foi até o Hospital, onde realizou a oitiva da vítima. Segundo as informações, após tentar matar a vítima, desferindo um golpe de faca no seu pescoço, o suspeito a estuprou, mantendo relação sexual com ela sem seu consentimento e ainda subtraiu aproximadamente R$ 13 mil de economias da vítima.

Com base no arquivo fotográfico da Polícia Civil, a vítima fez o reconhecimento do suspeito que foi identificado e qualificado pelos policiais da DEDMCI-VG.

Com base nos indícios de autoria, o delegado Afonso Monteiro da Silva Junior, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido na manhã de quarta-feira (30) pela Justiça e cumprido poucas horas depois pela equipe de investigadores da Delegacia da Mulher.

O suspeito foi localizado no bairro Jardim Universitário em Cuiabá e com ele, foi apreendido R$ 10,2 mil em dinheiro, possivelmente subtraído da vítima. Durante o interrogatório, ele apresentou uma versão diferente a dada pela vítima.

Segundo o delegado, as diferenças das declarações serão apuradas no curso do inquérito policial, que esclarecerá todas as circunstancias dos fatos e a real motivação do crime. “Ao final das investigações, o procedimento será enviado ao Fórum com o devido indiciamento do suspeito pelos crimes cometidos”, disse o delegado.

Folha Max