Início Cidades Sinop Governo rompe contrato com empresa privada para gestão de parte dos leitos...

Governo rompe contrato com empresa privada para gestão de parte dos leitos de UTI de Hospital de Sinop (MT)

0
Imagem Ilustrativa

O governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) rescindiu um dos contratos com a empresa Organização Goiana de Terapia Intensiva (OGTI) para o funcionamento de 10 leitos de UTI do Hospital Regional de Sinop. No entanto, outro contrato com a empresa para a gestão de 19 leitos continua em vigor.

Além da rescisão, a SES informou que está apurando ainda denúncias de supostas irregularidades das gestões privadas de leitos São 29 leitos de Unidades de Terapias Intensivas (UTI) exclusivos para tratar pacientes com coronavírus.

Após a rescisão desse contrato, 19 leitos permanecem em funcionamento e, destes, nove são administrados pela própria unidade de saúde e 10 ainda estão sob administração da empresa OGTI por meio de outro contrato.

Ainda segundo a secretaria, o funcionamento das UTIs não deve ser prejudicado. A secretaria deve lançar nos próximos dias um edital para a contratação de uma empresa para a administração desses leitos.

Além dos profissionais, é necessária uma estrutura que vai desde equipamentos, medicamentos, e suporte técnico para o funcionamento das UTIs. Esse trabalho está sendo conduzido pela SES.

Por João Carlos Morandi, TV Centro América