Início Cidades Mato Grosso Dal Molin confirma investimento de R$ 6,6 milhões para modernização do aeroporto...

Dal Molin confirma investimento de R$ 6,6 milhões para modernização do aeroporto de Cáceres

0

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) usou as redes sociais para anunciar a
abertura do processo licitatório, que prevê investimentos na ordem de R$
6.692.193,34 para as obras de reestruturação do aeroporto de Cáceres.
 
Considerado um dos principais acessos turísticos ao Pantanal, o aeroporto
também exerce papel relevante para fomentar a cadeia produtiva e
agroindustrial do estado, entre outros setores.
 
“Estou longe, mas quero dividir minha alegria e satisfação com toda a sociedade
cacerense. Acabo de receber a confirmação de que o governo federal autorizou a
licitação para as obras no aeroporto regional de Cáceres”, afirmou o parlamentar
que cumpre agenda na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças
Climáticas (COP26), em Glasgow, na Escócia.
 
Segundo Dal Molin, o projeto descritivo contempla a construção de um novo
terminal de passageiros e a instalação de instrumentos de auxílio à navegação
aérea, como balizamento luminoso, farol rotativo, biruta, sistema visual indicador
de rampa e de aproximação (PAPAI) e sinalizações horizontais.
 
“Essa reestruturação possibilitará que o aeroporto opere voos noturnos,
aumentando sua capacidade de atendimento, além de garantir mais segurança
aos usuários bem como aos tripulantes das aeronaves”, avalia o deputado ao
destacar o comprometimento do governo federal, por meio da Secretaria
Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura (SAC/MInfra), com o
processo de expansão de linhas aéreas regionais, nacionais e internacionais.
 
“Percorremos um longo caminho para chegar até aqui. Em 2017, ainda quando
deputado federal, firmei um compromisso com aquela região e hoje estamos
colhendo os frutos daquele trabalho”, relembrou.
 
Naquele mesmo ano, Dal Molin acompanhou a entrega de um caminhão de
combate a incêndio (tipo 3) às equipes do Corpo de Bombeiros Militar que atuam
no aeroporto do município, localizado na fronteira com a Bolívia. O equipamento é
uma das exigências para viabilizar a operação de voos comerciais.
 
 Preservação ambiental
Com o intuito de reduzir os danos ambientais no Pantanal, bem como assegurar
um maior controle do tráfego aéreo na região fronteiriça, Xuxu Dal Molin
protocolou em outubro deste ano a Indicação 7117/2021.
 
Encaminhada ao governador Mauro Mendes (DEM), com cópia ao secretário de
Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, a propositura reforça a

necessidade de implantação da 1ª Base do Pantanal de Combate a Incêndios
Florestais e Segurança da Fronteira (Ciopaer/Gefron).
 
Segundo o autor da proposta, “a base servirá como um ponto de apoio para
operações integradas de grupamentos especializados”, entre: o Batalhão de
Emergências Ambientais (BEA), o Centro Integrado de Operações Aéreas
(Ciopaer), o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), a Polícia Militar de Proteção
Ambiental (PMPA), a Delegacia Especializada de Meio Ambiente (DEMA), a Perícia
Oficial e Identificação Técnica (Politec) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
 
“O que estamos propondo é que o estado ofereça uma melhor condição de
trabalho aos agentes de segurança pública. Pretendemos levar para a região do
Pantanal aquilo que fizemos em Sorriso, quando coordenamos a implantação da
1ª Base Aérea de Combate a Incêndios Florestais da Amazônia”, exemplifica Dal
Molin.

Assessoria