Início Cidades Sorriso Conselho debate a implantação de unidades demonstrativas para produção de tilápia

Conselho debate a implantação de unidades demonstrativas para produção de tilápia

0

A construção de unidades demonstrativas para a análise do custo/benefício da produção de tilápia foi um dos assuntos discutidos nesta manhã (30) em reunião do Conselho Municipal de Piscicultura. Conforme o secretário-adjunto de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Kuhn, a partir do estudo o objetivo é disponibilizar alevinos de tilápia em maior escala para criação em tanques da rede da agricultura familiar de Sorriso. Márcio explica que a unidade demonstrativa disponibilizará capacitação técnica aos produtores. “A capacitação será ofertada em conjunto pela Sama e Empaer”, ressalta.

O Conselho Municipal de Piscicultura foi formado no Município em 17 de fevereiro de 2021 e tem como presidente o produtor Fábio Garcia Alvarenga. A meta é fomentar a piscicultura para criar possibilidades para que Sorriso volte a ocupar o patamar de maior produtor nacional de pescado de água doce, garantindo que pequenos e também grandes produtores possam tirar do cultivo do peixe sua subsistência, profissionalizando cada vez mais a produção.

Sorriso já foi o maior produtor nacional de pescado de água doce, feito repetido nos anos de 2013 e 2014 quando o município manteve-se como líder entre os municípios brasileiros produtores com 21 mil toneladas do produto no mercado. “Hoje ocupamos a terceira posição, mas não temos dados atualizados”, lembrou o presidente do Conselho na data da criação.

Márcio Kuhn pontua que o Conselho foi criado com a missão de viabilizar e ampliar a produção da cultura de forma local e regional. “A piscicultura traz várias possiblidades, uma delas é o fato de que o pequeno produtor pode agregar o pescado com as outras culturas da propriedade aumentando a geração de renda”, frisa.

Na reunião de hoje, além de integrantes do Conselho, também esteve presente o vereador Zé da Pantanal. “Estamos somando esforços para ampliar a rede e alcançar resultados positivos”, finaliza Márcio.

Claudia Lazarotto
Fotos: Ney Pinheiro