Posto Smile 550×100
Camara
Início Geral Conheça os novos integrantes do Conselho Municipal de Políticas Culturais

Conheça os novos integrantes do Conselho Municipal de Políticas Culturais

0
Compartilhar

O Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC) de Sorriso conta com novos membros, eleitos na sexta-feira (13), para o biênio 2020/2021, durante a Conferência Municipal de Cultura e o 2.º Fórum Municipal de Bibliotecas. Na oportunidade, também foi aprovado o regimento interno CMPC, que, conforme a Lei Municipal 2.213/2013, é presidido pela titular da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec). O vice-presidente é escolhido pelos próprios conselheiros eleitos.

Foram escolhidos os seguintes conselheiros: no segmento cultural das Artes Cênicas, Deivid Felisberto Stumm, com Diego Alexandre da Costa Gonçalves Dias como suplente; em Cultura Popular, o titular eleito foi Hugo Costa dos Santos e como suplente ficou Kimberly Costarelli Dorneles; em Música, foi eleito Nilson Pires Corrêa Júnior; em Patrimônio Cultural e Literatura, Leda Maria Ferraz; em Artes Visuais, Aline Moreno; no segmento Audiovisual, Bruno Adson Santos Souto e Lucinir André Cioato, como suplente; e na categoria Artesanato, Márcia dos Reis Morais, com Nélida Aparecida de Souza na suplência.

Diretor do Departamento de Cultura do município, Jarbas Osleide Sokolowski foi um dos palestrantes da Conferência da Cultura, abordando temas como o CPF da Cultura e o Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic). “Inclusive, reforço a importância de quem tiver interesse em inscrever projetos para receber incentivos por meio do Promic, fazer o cadastro municipal de produtor cultural, caso ainda não tenha este cadastro”, lembra Jarbas, informando que o processo de cadastramento é simples e pode ser feito pelo link https://forms.gle/Vv2rT9b35gAi5YHA9.

Durante a conferência, que foi promovida no Centro de Eventos Ari José Riedi, também foi ministrada uma oficina para ensinar todos os processos necessários para a elaboração de um projeto cultural. Segundo Jarbas, em breve deve ser também ofertada uma oficina sobre o processo de prestação de contas dos recursos recebidos. “A intenção é capacitar cada vez mais os produtores culturais locais, promovendo desta forma uma produção cultural com a identidade sorrisense, retratando nossos saberes, costumes e promovendo a identificação da nossa gente com nossas manifestações culturais”, acrescenta.

DA ASSESSORIA/Nádia Mastella/Fotos: Secretaria Municipal de Educação e Cultura