PREFEITURA  DE  SORRISO
Posto Smile 550×100
Início Cultura Confira os grandes vencedores do XIII Festival de Artes Cênicas Francisco Donizete...

Confira os grandes vencedores do XIII Festival de Artes Cênicas Francisco Donizete de Lima

0

Depois de uma semana dedicada ao teatro, por meio da 13.ª edição do Festival de Artes Cênicas Francisco Donizeti de Lima (Faces), promovida no Auditório Farroupilha, do Centro de Eventos Ari José Riedi, Sorriso conheceu os grandes vencedores da competição no sábado (23) à noite. Como “Melhor Espetáculo”, os grandes vencedores foram: “O Bosque Encantado”, na categoria Infantil;  “Era uma vez 1,2,3”, na Juvenil; e “Quem Liga?”, na Livre.

Como melhor direção, Priscila de Bastiani conquistou o prêmio com o trabalho desempenhado no espetáculo “Faixa de quê”, na categoria Infantil; Anderson Alex garantiu o prêmio na Juvenil com a direção do espetáculo “Era uma vez 1,2,3”, e Ney Miguins foi eleito o melhor diretor na categoria Livre por “Quem Liga”.

No quesito “Melhor Ator”, o vencedor, na Infantil, foi Gabriel Gonçalves, pela atuação em “O Bosque Encantado”; na categoria Juvenil, quem faturou o troféu foi Nelson Henrique, de “Era uma vez 1,2,3”; e Renan Felix, de “Cantarim de Cantara” foi eleito o melhor ator na categoria Livre.

Já no item “Melhor Atriz”, Julia Lindsay, de “O Bosque Encantado”, garantiu o prêmio na categoria Infantil; Ana Carolina, de “Era uma vez 1,2,3”, na categoria Juvenil; e Bárbara Hoffman, de “Cantarim de Cantara”, na Livre. Confira, premiação faces.jpg, todos os resultados nas demais categorias.

O festival foi organizado pela Administração Municipal de Sorriso, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), e pela Associação Cultural Ribalta Sorrisense. Para a secretária de Educação e Cultura do município, Lúcia Korbes Drechsler, esta edição do festival foi um momento importante para a arte sorrisense e também regional.  “Momentos como este, além de proporcionarem à população uma opção de lazer cultural, também promovem a enriquecedora troca de conhecimentos entre todos os participantes, o que resulta no fortalecimento das artes cênicas, uma ferramenta excelente no processo de ensino-aprendizagem”, destaca a gestora, elogiando a atuação de todos os atores que subiram ao palco, bem como todos os responsáveis pela retaguarda necessária para o sucesso dos espetáculos, como os autores, diretores, figurinistas, sonoplastas e maquiadores.

DA ASSESSORIA/Nádia Mastella