Posto Smile 550×100
PREFEITURA  DE  SORRISO
Início Geral Alunos que estudavam nas salas anexas do Park Shopping e seguem provisoriamente...

Alunos que estudavam nas salas anexas do Park Shopping e seguem provisoriamente para outras escolas podem solicitar transporte escolar

0

Enquanto a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e a Kroton finalizam os trâmites para o aluguel de salas do campus da Unic em Sorriso para utilização da extensão da Escola Estadual 13 de Maio e da Escola Estadual Tiradentes Cabo Dilceu Amaral, que funcionavam nas salas anexas do Park Shopping Sorriso,  provisoriamente, as Escolas Estaduais Arlete Cappellari e José Domingos Fraga abrigarão esta demanda a partir da próxima segunda-feira (10), visto que os alunos destas unidades entram em férias.

Para a Arlete, seguem os alunos da Tiradentes. De acordo com o diretor da unidade, Major Ilton Botelho,  na segunda e na terça-feira (10 e 11),  das 13h às 17 horas,  será feita a ambientação exclusivamente para os 159 alunos que entraram na unidade neste ano. Somente na quarta-feira (12), os mais de 450 alunos, entre calouros e veteranos, voltam às aulas, no período em que foram matriculados.

Já para os alunos da extensão da Escola 13 de Maio, as aulas do período letivo 2020 começam na segunda-feira (10), na Escola Municipal José Domingos Fraga, no horário em que foram matriculados. De acordo com o assessor pedagógico Zeferino Passos Guarrezi Júnior, as Escolas Artele e José Domingos entraram em férias agora porque aderiram ao movimento grevista do ano passado. “Acreditamos que as questões burocráticas com relação ao aluguel das salas da Unic devam ser sanadas nos próximos dias”, declara.

A Administração Municipal de Sorriso vem acompanhando o trâmite burocrático e já se comprometeu em arcar com parte do valor do aluguel das salas, contribuindo, desta forma , com o Governo do Estado, para ofertar um local adequado às aulas. Além disso, a Prefeitura também vai seguir viabilizando transporte escolar para os alunos que precisarem durante este período, visto que o serviço já é rotina para alunos que estudam na rede estadual e há repasse do Governo do Estado para esta finalidade. Para tanto, basta que os pais procurem a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), das 7h às 13 horas.

“Temos acompanhado este processo desde o início e apoiado, dentro de todos os limites legais, os processos, respeitando a hierarquia entre Estado e Município e sempre com o foco no sucesso do processo de ensino-aprendizagem e no bem-estar de toda a comunidade escolar”, comenta a secretária de Educação e Cultura do município, Lúcia Korbes Drechsler.

DA ASSESSORIA/Nádia Mastella/Fotos: Adenilson Varão