Início Cidades Sorriso Governo já investiu R$ 2,1 milhões na reforma e ampliação do Hospital...

Governo já investiu R$ 2,1 milhões na reforma e ampliação do Hospital Regional de Sorriso

0

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), já executou cerca de 30% da obra de reforma e ampliação do Hospital Regional de Sorriso. Dos R$ 8.494.454,57 previstos para obra, aproximadamente R$ 2.130.000 já foram investidos na primeira parte dos reparos, que começou em fevereiro deste ano e engloba a recepção, cozinha e novo pronto atendimento do hospital.

Nas próximas etapas, serão feitas as recuperações da fachada, salas de espera, refeitório, consultórios, enfermarias, centro cirúrgico e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Os reparos integram o projeto de modernização dos Hospitais Regionais e das Unidades Especializadas, idealizado e colocado em prática pela atual gestão estadual.

Além disso, os trabalhos de readequação predial preveem substituição da cobertura, com a troca de todo o telhado, piso, pintura das paredes, instalações elétricas e a inclusão do Programa de Combate ao Incêndio e Pânico. Todo o investimento proporcionará um acréscimo de 2.613,22 metros quadrados à estrutura.

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, avalia que diante de um cenário desafiador, que é pandemia pela Covid-19, o Estado tem envidado esforços para enfrentar a doença e também dar continuidade ao programa de modernização da infraestrutura da rede hospitalar da SES.

“Este é mais um hospital que entrará para rol de hospitais com o nível de qualidade que é a marca deste Governo. Para isso, continuamos trabalhando incansavelmente com o objetivo de ofertar um serviço de primeira qualidade à população mato-grossense”, acrescenta Gilberto.

Com esse investimento, o Hospital Regional de Sorriso, que é referência para 15 municípios da região, passará a contar com mais 38 leitos de pronto atendimento; duas salas de parto e 12 leitos para maternidade; mais uma sala de centro cirúrgico e sala de recuperação anestésica. A previsão da SES-MT é concluir o cronograma da obra em abril de 2021.

A continuidade da obra não interfere no atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que continuam sendo atendidos no local e, sempre que necessário, podem ser realocados dentro da própria unidade hospitalar.

No hospital, continuam ativos 18 leitos de enfermaria e oito leitos de UTI para o atendimento geral. Para atender exclusivamente pacientes com Covid-19 da região, unidade de saúde dispõe de outros 20 leitos clínicos e dois leitos de UTI.

Fonte: Governo do Estado