Início Cidades Sorriso Sorriso: Retomada de obras de escolas estaduais pauta reunião na Prefeitura

Sorriso: Retomada de obras de escolas estaduais pauta reunião na Prefeitura

0

Parceria com o  Estado no redimensionamento de salas

Porto também agradeceu ao Município pela disponibilização de espaços para suprir a demanda estadual neste período em que estão escassas as salas de aulas para a rede estadual. Um destes exemplos é a destinação do prédio que atualmente abriga a Escola Municipal Gente Sabida como uma extensão para a Escola Estadual José Domingos.

A expectativa é que o novo prédio para abrigar a Gente Sabida, no Bairro Flor do Cerrado, fique pronto até março. Na nova estrutura, a Prefeitura está investindo mais de R$ 14 milhões, e vai permitir o atendimento de até 1,2 mil alunos, frente à capacidade de 427 do prédio atual.

Reformas ainda sob a gestão do Município

Acerca das reformas que permaneceram sob gestão da Prefeitura, o secretário da Cidade informou que, segundo a empreiteira responsável pela revitalização e ampliação na Arlete Cappellari, a intervenção deve ser concluída ainda antes do início do ano letivo, em 5 de fevereiro.

Já na Escola Mário Spinelli, o trabalho está concluído e a pendência que ainda existe, que envolve a questão do projeto de SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas), será solucionada por meio da devolução dos recursos destinados a esta execução ao Estado, de modo que, tanto projeto, quanto execução, fiquem então a cargo da gestão estadual.

Empenho para oferta de mais salas de aula

“Somos muito sensíveis à necessidade de ampliar o acesso à educação em uma cidade que cresce como Sorriso, a uma média de 20% ao ano”, destacou o vice-prefeito, detalhando que, atualmente, com cinco escolas estão sendo construídas pelo Município, o que resultará em 120 novas salas de aula.

No entanto, além da dar fôlego à rede municipal, o trabalho de gestão junto ao Estado também tem o objetivo de garantir que os alunos dos anos finais do Fundamental 2, que já não são mais atendidos pelo Município, possam ser atendidos com tranquilidade pelo Estado.

Planejamento 

Vale lembrar que, segundo projeções da Secretaria Municipal de Educação (Semed), já para este ano, os alunos do 6.º ano do Ensino Fundamental já devem passar a ser atendidos pela rede estadual. Com isso, a rede estadual receberá em torno de 3,5 mil alunos.

Por conta disso, a Prefeitura já vinha desenvolvendo um trabalho contínuo junto aos representantes do Governo do Estado, apontando a necessidade de três novas escolas estaduais em Sorriso, sendo uma na Zona Oeste em fase de licitação, uma na Zona Leste e uma no Distrito de Primavera.

Além das novas unidades e da conclusão das obras de reforma e ampliação, os estudos apontam ainda a necessidade de mais seis salas na unidade estadual do Distrito de Boa Esperança e oito novas salas na Escola Ignácio Shevinski.

DA ASSESSORIA