Início Cidades Sorriso Sorriso: Prefeitura confirma vale-alimentação para servidores públicos

Sorriso: Prefeitura confirma vale-alimentação para servidores públicos

0

Projeto de lei deve ser encaminhado para avaliação dos vereadores nos próximos dias

O secretário de Administração do Município, Estevam Calvo, reforçou, em uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira (25), na Câmara de Vereadores, que, a partir de janeiro de 2022, o Executivo deve conceder um vale-alimentação de R$ 200 mensais para os 2.128 servidores efetivos (concursados), comissionados e contratados da Prefeitura de Sorriso.

Também representaram a Prefeitura no evento na Casa de Leis, o secretário de Fazenda, Sérgio Kocová Silva; a contadora Elizandra Andreolla Brizante, e os secretários-adjuntos Bruno Delgado (Administração), Miraldo de Souza (Fazenda) e Vanderly Gnoato (Cidade).  A afirmação do compromisso de a Administração Municipal conceder o benefício foi proferida para os vereadores Acácio Ambrosini, Celso Kozak, Diogo Krieger e Zé da Pantanal, assim como para o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsems), Leocir Faccio.

Na semana passada, o secretário já havia falado sobre o assunto em uma reunião na sede da Prefeitura. O vale-alimentação entra como um benefício aos servidores, ajudando a compor o orçamento familiar em um momento em que a inflação voltou a fazer parte da rotina de todos os brasileiros.

De acordo com o estudo elaborado pela Secretaria de Fazenda (Semfaz), levando em consideração os 2.128 servidores, anualmente, a Prefeitura destinará R$ 5.107.200,00 para a concessão do benefício, lembrando que o impacto é no orçamento geral do Município, mas não na folha de pagamento especificamente.

A viabilização do benefício já fazia parte da pauta da intensa rodada de negociações entre Prefeitura, Sindicato e Câmara, em que o tema central era a concessão da Revisão Geral Anual. Pois bem: tanto um, quanto outro já estão definidos.

A partir da primeira folha de pagamento do próximo ano, que será creditada na conta dos servidores no dia 28 de janeiro, servidores concursados, contratados e comissionados, assim como inativos e pensionistas da Administração Municipal direta e indireta já passam a contar com uma revisão salarial de 10,17%, assim como os R$ 200 referentes ao vale.

“Ainda estamos definindo a melhor forma de conceder este benefício, se com o depósito do valor em conta ou com a disponibilização de cartões específicos para tal finalidade, como é praxe em muitas empresas”, comenta Estevam.

A intenção da Administração Municipal é enviar o projeto de lei para avaliação dos vereadores o mais rapidamente possível. “Agradeço a liberdade que o prefeito Ari nos deu para tratar esta questão e conceder este benefício aos servidores municipais, que são a ponte entre a Prefeitura e o cidadão”, complementa o  gestor.

Texto: Nádia Mastella