Início Cidades Sorriso Sorriso: Esforço coletivo garante um novo refeitório para a PM

Sorriso: Esforço coletivo garante um novo refeitório para a PM

0

Espaço passou por reforma completa e ganhou novo mobiliário

Trabalho conjunto, esforços integrados, foco em resolver demandas e avançar em resultados. O quartel da 12.º Batalhão da Polícia Militar de Sorriso passa a contar com um refeitório completamente remodelado. Com mão-de-obra de reeducandos, via projeto Mão Amiga,  com aval de conselhos de segurança, assim como da Prefeitura de Sorriso, concessionárias e empresas privadas, o refeitório ganhou nova cara e muito mais funcionalidade.

Durante a celebração de entrega da reforma, realizada na manhã desta segunda-feira (7 de março), o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, destacou o quanto as atividades promovidas de maneira integrada com a iniciativa privada ganham agilidade. “Por meio do GGI, que é o Gabinete de Gestão Integrada de Sorriso, podemos partilhar responsabilidades, e, sem vaidades, conduzir processos de maneira mais rápida e eficiente”, contextualizou o gestor, aproveitando a oportunidade para enaltecer o trabalho desenvolvido pelo coronel Nerci Adriano Denardi, sorrisense e ex-comandante-geral da PM, responsável pela construção do quartel, ainda em 2007, quando estava à frente do 12.º BPM.

Em sua fala, o gestor informou ainda que a parceria com as forças de segurança em Sorriso segue em outras frentes, como ações de melhoria que estão sendo realizadas na 6.ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF). “É um trabalho contínuo, intenso e sempre articulado com outras esferas, como o Judiciário, o Ministério Público, o Legislativo, conselhos e demais instituições e, desta maneira, estamos avançando na construção de uma nova delegacia para a Polícia Judiciária Civil, na viabilização de um novo quartel para o Corpo de Bombeiros e agora também, de um prédio para a Força Tática”.

O trabalho no refeitório, que foi executado em três meses, consistiu na demolição e construção de paredes, regularização de contrapiso; instalação de um novo piso, instalação de ponto de água e de esgoto; substituição de portas; troca do antigo forro de PVC por forro de gesso; instalação de luminárias, entre outros serviços que mudaram totalmente o antigo layout e garantiram um ambiente agradável e confortável para o momento da refeição dos policiais. O local também passou a contar com novos móveis e eletrodomésticos.

 O local ficou 14 anos sem reforma e, por conta do desgaste provocado naturalmente pelo tempo, somado a seu uso ininterrupto seja à noite, seja de dia, estava em uma situação bastante precária. “Como representante do Conseg, verifiquei que a situação estava realmente precária e junto com a Prefeitura, com o Judiciário e com outros parceiros, hoje este projeto, que nasceu como um sonho, foi realizado”, comentou o presidente do órgão, Gilvano D’Ávila.

Comandante do 12.º Batalhão, o tenente-coronel PM Jorge Almeida reiterou a importância do esforço coletivo neste processo. “Só tenho a agradecer a todos os envolvidos, e, em especial à Prefeitura de Sorriso, que segue com ações de reforma no nosso Batalhão”, afirmou. De acordo com dados da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp), estão sendo executados serviços de melhoria no alojamento, refeitório, corredores, auditório e no núcleo da Força Tática. Segundo o comandante, cerca de R$ 100 mil foram destinados à reforma do refeitório, lembrando que a mão-de-obra foi via Mão Amiga, com o trabalho de reeducandos do Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS). “Sem dúvida, a colaboração da Polícia Penal e do Judiciário foi igualmente indispensável neste processo”, acrescentou o PM.

“Esta obra se traduz em valorização profissional e mais qualidade de vida para nossos policiais, o que se reflete na melhoria constante da prestação de serviço à população”, declarou o responsável pelo 3.º Comando Regional da Polícia Militar,  conronel PM Wesney Sodré.

Além dos representantes da PM e da Prefeitura de Sorriso, também integraram a cerimônia representantes de conselhos forças de segurança e do Judiciário.

DA ASSESSORIA