Início Cidades Sorriso Semsas faz apelo para responsáveis imunizar os filhos

Semsas faz apelo para responsáveis imunizar os filhos

0

Com apenas 38,18% do público-alvo imunizado contra a poliomielite, a Secretaria de Saúde e Saneamento de Sorriso faz um apelo para pais e responsáveis levar seus pequenos para receber a gotinha. Até o momento, 2.571 crianças de um ano a menores de cinco anos compareceram às Unidades de saúde da Família (USF). A meta do Ministério da Saúde para o Município é imunizar 6.734 crianças nessa faixa etária.

 “O número vacinado até agora é baixo e nos preocupa; a pólio é uma doença que traz sequelas graves e é essencial proteger nossos pequenos”, alerta a responsável pela sala de vacinas, a enfermeira, Kátia Dal Prá.

Kátia que é mãe da pequena Laura, de 4 anos, já deu o exemplo e levou a filha para receber a gotinha no dia D, em 20 de agosto. “Como mãe uso todas as ferramentas possíveis para proteger o amor da minha vida e a imunização é uma delas”, frisa.

A enfermeira destaca que ainda dá tempo das famílias seguir seu exemplo: a campanha segue até o dia 9 de setembro e quem ainda não imunizou só precisa procurar uma USF com o cartão SUS e o cartão de vacinas do(a) pequeno(a).

E como informação nunca é demais, é bom lembrar que no momento da matrícula ou rematrícula, as escolas exigem a caderneta vacinal atualizada, então essa é uma oportunidade para deixar tudo ok.

A poliomielite

Também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que vive no intestino, que pode infectar crianças e adultos. O contágio se dá principalmente pelo contato com fezes ou com secreções. Entre as principais sequelas estão paralisia de membros do corpo e dos músculos, dificuldade de andar, falar, atrofia muscular, crescimento diferente das pernas, pé torto e dores nas articulações.

Confira mais informações sobre a pólio aqui.

DA ASSESSORIA