Início Cidades Sorriso Prefeitura de Sorriso recebe quase meio milhão em equipamentos para a saúde

Prefeitura de Sorriso recebe quase meio milhão em equipamentos para a saúde

0

Mais precisamente R$ 497.628,00 em equipamentos para auxiliar na recuperação de pacientes internados com Covid-19. Esse é o valor investido no material entregue neste feriado (1º de maio), para utilização na Unidade de Pronto Atendimento Sara Akemi Ichicava e no Hospital de Campanha Municipal.

Entre os materiais estão cinco respiradores de alta precisão adquiridos pela Prefeitura Municipal por R$ 392.500,00. Além disso, por meio do Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires, também foram adquiridos três aspiradores cirúrgicos, dois desfibriladores, dois carrinhos funcionais para medicamentos, cinco monitores de multiparâmetro, dez escadas para acesso ao leito, cinco válvulas para cilindro de oxigênio e 50 máscaras de oxigênio tamanho adulto, adquiridos a um valor de R$ 105.128,00; totalizando o investimento superior a R$ 497,6 mil.

Conforme o secretário de Saúde e Saneamento, Luís Fábio Marchioro, os equipamentos chegaram ontem (29) e hoje já foram disponibilizados para uso. “Entendemos a necessidade urgente de ter à mão mais respiradores e máscaras de oxigênio; nossa meta, como sempre é salvar vidas”, pontua. Marchioro detalha que os cinco respiradores adquiridos pela Prefeitura são de alta precisão e tem autonomia de até duas horas de bateria, caso algum imprevisto ocorra.

Em julho de 2020, o Município já havia adquirido outros cinco respiradores de alta precisão também com recursos próprios no valor de R$ 400 mil. Todos estão em uso neste momento. “Estamos empenhados em fazer o melhor pela nossa população. Agradecemos o apoio da sociedade organizada e do Legislativo nesta batalha”, cita o prefeito Ari Lafin.

Ari lembra ainda que o cuidado com o outro para evitar o contágio ainda é a melhor medida protetiva contra o coronavírus. “Mais do que nunca precisamos ser conscientes e fazer uso das medidas básicas, como o uso da máscara e a higienização constante das mãos. Precisamos evitar aglomerações e festas clandestinas”, frisa.

E quem tiver qualquer dúvida em relação à Covid-19 ou mesmo denúncia, pode ligar diretamente no 150 que atende das 7 horas da manhã à meia-noite.

Claudia Lazarotto
Fotos: Adriano Carneiro