Posto Smile 550×100
PREFEITURA  DE  SORRISO
Início Geral Prefeitura de Sorriso recebe 2 mil cestas básicas da UHE Sinop

Prefeitura de Sorriso recebe 2 mil cestas básicas da UHE Sinop

0

A Prefeitura de Sorriso, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, recebeu 2 mil cestas básicas da Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop. A entrega foi realizada na tarde desta terça-feira (16). A distribuição de cestas em apoio ao enfrentamento do Coronavírus, faz parte de um projeto da UHE e beneficiará as famílias em situação de risco de Sorriso.

“Essas cestas básicas vieram em um momento muito importante, pois estamos com várias famílias necessitando de apoio urgente, haja visto que muitas pessoas estão desempregadas e procuram por um alimento. Só tenho a agradecer à UHE e dizer que as famílias sorrisenses também agradecem”, afirmou a secretária de Assistência Social, Jucélia Ferro.

De acordo com a Usina Hidrelétrica (UHE) Sinop, ao todo serão 15 mil cestas básicas entregue em Sinop, Cláudia, Itaúba, Ipiranga do Norte e Sorriso, o equivalente a 183 toneladas em benefício de famílias com vulnerabilidade social, residentes na Área de Influência Direta (AID) do reservatório.

O recurso é proveniente do Subcrédito Social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), inserido no financiamento da Usina. O objetivo da iniciativa é ajudar famílias e segmentos que precisam de auxílio, no que diz respeito as consequências da Covid-19.

Para o prefeito Ari Lafin, a união de forças é de extrema importância para amenizar os prejuízos causados pela pandemia. “Todo tipo de parceria e apoio neste momento é bem-vindo. Quero agradecer pela parceria da UHE, que investe em ações no nosso município desde 2014, e que agora veio reforçar o enfrentamento ao Covid 19. Com a ajuda de todos, conseguiremos passar por isso da forma mais branda”, enfatizou Ari.

O diretor-Ppesidente da Usina, Ricardo Padilha, reforçou que a companhia se prepara para novas ações em Sorriso e em outros municípios. “Reforçamos que as ações não param por aí, continuamos estudando as necessidades da região durante a pandemia para ajudar no que for preciso”, finalizou.

DA ASSESSORIA