Início Geral Imprensa busca explicações junto a OAB, ABACRIM e DEFENSORIA

Imprensa busca explicações junto a OAB, ABACRIM e DEFENSORIA

0

No inicio desta semana a OAB Sorriso, a ABRACRIM e a DEFENSORIA PÚBLICA local emitiram uma nota de recomendação e  enviaram ao poder judiciário, as policias civis e militares, onde recomendavam aos agentes públicos que valorizasse a imagem do preso cautelar.

Com a nota recomendatória assinado pelos órgãos acima citados, jornalistas e demais profissionais da imprensa sentiram que  a nota seria uma afronta ao trabalho da imprensa e “poderia” buscar uma  maneira de tentar censurá-la na cidade de Sorriso, mesmo havendo um entendimento do órgão maior do judiciário(STF), com inumeras jurisprudências baseado na sumula   130 do mesmo STF, onde diz que a imprensa é livre(possuí liberdade Plena), para exercer seu papel, inclusive com o uso de imagens.

                       “O Supremo Tribunal de Justiça, que por sua vez asseverou não existir ofensa à honra dos cidadãos quando, no exercício do direito de liberdade de imprensa, há divulgação de informações verdadeiras e fidedignas a seu respeito, principalmente quando exercido em atividade investigativa e sejam informações de interesse público. (AgRG no AREsp 592246 SP 2014/0243720-7)”.

                      “O Supremo Tribunal Federal, em súmula vinculante, orienta ser, legítima a atuação da imprensa, quando apenas publica informações, inclusive com imagens, desde que vinculadas a notícias de interesse público, de cunho jornalístico e sem fins lucrativos, conforme relatoria da eminente Ministra Carmem Lúcia”.

 De forma bastante unida, a imprensa sorrisense entendeu que tal nota poderia em tese  ser   uma afronta aos interesses públicos e  a liberdade da informação.

Na manhã de ontem(21), uma nota conjunto de repúdio foi elaborada (VEJA AQUI), aos órgãos que  emitiram tal nota de recomendação(publicado na íntegra por inumeros veículos de imprensa).

Unidos, os profissionais da imprensa sorrisense requisitaram uma entrevista coletiva junto aos órgãos que assinaram, para que eles  esclarescessem o intuito principal da nota emitida.

Veja abaixo a explanação do presidente da OAB Sorriso e do presidente da ABACRIM em entrevista coletiva a imprensa na tarde de ontem:

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here