Início Cidades Sorriso Em reunião com ministra Tereza Cristina, sorrisenses apresentam Comitê Integrado de Prevenção...

Em reunião com ministra Tereza Cristina, sorrisenses apresentam Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos

0

Apresentar o Comitê Integrado de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais e Urbanos. Essa foi a pauta do encontro que reuniu o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Lincoln e a ministra de  Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cistina. Conforme o prefeito,  com a criação do Comitê Sorriso pretende atuar de maneira preventiva para evitar incêndios. “Contudo, também precisamos estar preparados para uma rápida atuação no caso de ocorrências de incêndios”, frisa. “Para isso, estamos trabalhando unidos em Sorriso; criamos o Comitê e estamos buscando tanto apoio estadual quanto federal nessa pauta”, detalha o prefeito.

Na reunião, Ari e Lincoln explicaram à ministra que no fim de abril foi criado o Comitê que além da Prefeitura conta com integrantes de diversas outras instituições, como o do Sindicato Rural, o CAT, a Aprosoja, o Corpo de Bombeiros Militar (BM), a Polícia Militar (PM), a Polícia Judiciária Civil (PJC), associações empresariais e concessionárias de rodovias. O comitê é presidido pelo secretário  de Agricultura e Meio Ambiente, Marcelo Lincoln e foi dividido em vários grupos de trabalho para atuar tanto na prevenção, conscientização e no combate a Possíveis incêndios.

“Ainda em abril nos organizamos para avançar na discussão e buscamos  também o apoio de outras instituições, como a Câmara de Vereadores e universidades, por exemplo, para que esse processo se dê de maneira ininterrupta”, comenta Lincoln, acrescentando que a função central do Comitê é, além de atuar na prevenção de incêndios por meio da sensibilização de toda a comunidade, também é agir de maneira articulada e imediata no combate a possíveis incêndios, que “esperamos que não aconteçam”.

“Precisamos quebrar este paradigma que relaciona o produtor rural à destruição das florestas, incutindo ao produtor o estereótipo de alguém que provoca queimadas”, aponta o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, esclarecendo que a preservação da floresta é indispensável para o agronegócio, que só é rentável quando alicerçado nos princípios da sustentabilidade.

Conforme Ari, a ministra se mostrou interessada nas ações do Comitê e destacou que a inciativa contará com o apoio do MAPA. Acompanharam a reunião o presidente do Instituto Pensar Agro (INPA), Nilson Leitão, o produtor rural Darci Getúlio Ferrarin Júnior, representando o CAT e Diogo Damiani, representando Aprosoja e Sindicato Rural de Sorriso.

Convite

Ari e Lincoln também aproveitaram o encontro com Tereza Cristina para fazer um convite especial à ministra: que ela acompanhe o lançamento do plantio da safra 21/22 no Município, previsto para o mês de outubro. “Convidamos a ministra de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente para conhecer a “Capital Nacional do Agronegócio”. Será uma oportunidade para demonstrarmos o trabalho realizado com muito respeito ao meio ambiente por nossos agricultores”, diz Ari.

O prefeito lembrou que Sorriso, localizada no “coração do Mato Grosso é a cidade brasileira com a maior produção agrícola”. Nos 600 mil hectares de área produtiva de Sorriso, destacam-se commodities como soja, milho e algodão, com estimativa de produção – em toneladas – para a safra 20/21, de 2,1 milhões, 3,5 milhões e 167 mil, respectivamente, de acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Ainda no MAPA, os sorrisenses foram recebidos também pelo secretário-executivo, Marcos Montes.

Texto: Decom
Fotos: Divulgação