Início Cidades Sorriso Centro Histórico-Cultural de Sorriso está aberto para visitação

Centro Histórico-Cultural de Sorriso está aberto para visitação

0

Procurando um passeio interessante para fazer com a família? Que tal uma visita ao Centro Histórico-Cultural Benjamin Raiser. Os museus são um lugar e tanto para aprender sobre arte, cultura e história.

Localizado na Praça da Juventude, o Centro Histórico-Cultural foi inaugurado no dia 1º de agosto e, desde então, está aberto à comunidade para visitação de segunda à sexta-feira, das 7 às 17 horas.

De acordo com a coordenadora, Maria Amélia de Souza Rossi, qualquer cidadão pode visitar o local, porém as escolas que quiserem levar turmas de alunos precisam fazer o agendamento.  Para que o momento seja bem proveitoso, a equipe oferece um material orientativo sobre a visitação, que é guiada por mediadores.

O Museu, que leva o nome do pioneiro Darci Luiz Sganderla, conta a história de Sorriso de uma forma dinâmica e interativa, a partir de exposições semipermanentes e temporárias. O mobiliário moderno em forma de lego possibilita a criação de diversos ambientes. Conforme a coordenadora, a intenção é trazer diversas temáticas fazendo uma conexão entre passado, presente e futuro. “Por meio de exposições temporárias e fontes vivas, estamos contando como foi o início da colonização de Sorriso”, explica.   

A visitação segue um roteiro que inicia com a apresentação do documentário “A origem do Sorriso”, que conta como surgiu o nome da cidade na versão dos pioneiros. Em seguida, os visitantes apreciam duas exposições fotográficas: a mostra “Sorriso ontem, Sorriso hoje”, com fotos do acervo do pioneiro Eugênio Ernesto Destri que contam a história do Município; e a exposição “Encantos da Nossa Terra – Sorriso para o mundo, com 40 fotografias premiadas que trazem imagens cotidianas com os temas “Natureza”, “Pontos Turísticos” e “Desenvolvimento econômico”.

Em um misto de antiguidade e modernidade, as obras de arte expostas no Museu possuem QR Codes, que possibilitam maior interação e uma experiência enriquecedora aos visitantes, que terão acesso a informações como o nome da obra e seu autor.  

Segundo Maria Amélia, em breve o Museu ficará aberto também à noite, durante a semana, e aos sábados e domingos, no período da tarde, e em feriados. “Iremos ampliar os horários para que todos possam visitar o espaço e encontrar diversos registros de nossa história e retratos de nossa cultura”.

Visitas ao Centro Histórico-Cultural podem ser agendadas pelos telefones: (66) 99726-3440 (Vilma); (66) 98403-4183 (Maria Amélia) ou (66) 99920-0209 (Loiane).