Início Geral Bombeiros do Futuro realizam atividades durante o fim de semana

Bombeiros do Futuro realizam atividades durante o fim de semana

0
Compartilhar

Neste sábado (05.10) o Corpo de Bombeiros Militar realizou diversas atividades com os alunos do Projeto Social Bombeiros do Futuro (PSBF). A programação incluiu palestra sobre meio ambiente, cuidados com animais silvestres, mutirão de limpeza em lago e atividade com rapel.

A palestra sobre meio ambiente foi realizada em Sorriso e ministrada pelo coordenador do Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF) da Prefeitura Municipal, Reinaldo Nunes. Ele apresentou às crianças um pouco sobre os cuidados que devem ser tomados com a natureza e os animais silvestres. Também comentou sobre a importância e a função de cada animal no seu ecossistema.

Em seguida foi apresentada aos alunos a Ruanita, uma jiboia de estimação que sempre está presente nas edições do projeto. As crianças puderam manusear a serpente e, por fim, conheceram um filhote de cachorro-do-mato que a poucos dias foi capturado por militares da unidade de Sorriso (10ª CIBM).

Já os Bombeiros do Futuro em Tapurah tiveram a oportunidade de visitar e conhecer a unidade do Corpo de Bombeiros Militar localizada em Lucas do Rio Verde (13ª CIBM). Esta foi a primeira vez que os alunos de Tapurah estiveram na Companhia. No restante do dia as crianças e adolescentes tiveram instruções sobre educação ambiental, recuperação de animais silvestres capturados pelo CBM e reabilitação para que os mesmos possam retornar ao seu habitat natural. A atividade foi realizada pela ONG Amibem, que possui um Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres. Depois disso, fizeram também um passeio para conhecer o lago municipal Harri Müller e aproveitaram a oportunidade para realizar um mutirão de limpeza ao redor do lago, como parte da instrução de proteção ao meio ambiente.

De acordo com o 3º sargento BM Domingos, instrutor do Projeto, “o dia foi bem produtivo, pois, para muitos alunos, foi o primeiro contato com atividade relacionada a salvamento em altura. Todos ficaram muito atentos e demostraram interesse. Boa parte deles queria fazer rapel e descer na tirolesa mais de uma vez”.

DA ASSESSORIA/CBM-MT